-->
0

Desejo de Liberdade

Editar postagem

Vá atrás dos seus sonhos. Esse foi o tema de um filme que assisti outro dia. O filme não foi o melhor que já vi, é um pouco lento, dá uma canseira até, mas a mensagem vale...
O tema "sonhos" vem me perseguindo. Há alguns meses li um livro de um psicólogo (não me lembro o nome agora), que falava sobre os nossos sonhos. Que passamos uma vida vivendo a vida dos outros, realizando o que os outros esperam da gente.
Mentira dizer "eu só faço o que eu quero". Que nada, claro que fazemos o que queremos, mas somos seres humanos. Vivemos, mesmo que inconscientemente, em busca de aceitação, aprovação. Queremos agradar... Com isso acabamos vivendo de agradar mais os outros do que a nós mesmos.
Primeiro o pai, a mãe, depois os professores, patrões, amigos, namorado, marido, filhos, netos... O psicólogo dizia que para sermos felizes, temos apenas que sermos nós mesmos. Viver a nossa vida e não a dos outros, a que gostaríamos que vivêssemos.

Mas meu Deus! Como é difícil soltar as amarras! Dizer um dane-se pra todas as expectativas que mesmo sem intenção os outros nos colocam. Aceitar seu sonho mesmo que mais maluco que seja e ir atrás dele, sem se importar com o que vão pensar, se vamos decepcionar muita gente... ai ai ai, como é difícil!
Eu, apesar de tudo, ainda tenho problemas pra fazer algo que quero, e que sei que vai decepcionar alguém. Até minhas palavras são medidas. Nunca falarei nada que vá magoar alguém sem que eu tenha pensado em cada conseqüência que aquilo me causará ou causará a outrem...
Em certo momento de minha vida (e isso não faz muito tempo), vi que era hora de arriscar. Tentar a sorte mesmo que tivesse que perder. Viver o que queria. Mas ainda estou aprendendo... Não posso dizer que já me libertei totalmente, mas já dou minhas braçadas nesse marzão que é a vida, sem pensar se estou ou não com salva-vidas.
Nessas braçadas, descobri que o que eu achei que me daria um pouco de felicidade me deu foi decepção e tristeza. E como só rio não volta atrás, resolvi dar uma chance pra mim mesma. Volto atrás sem medo do que pensem de mim. Danem-se os julgamentos ou expectativas que tenham me dispensado. O que eu quero é ser feliz...
Não entendeu nada? Não precisa, porque eu entendi. Entendi que o que importa é ser feliz. Do jeito que der...
Beijo aí...

Comente Adicionar Comentário

Postar um comentário

Deixe aqui seu comentário.
Responderei assim que for possível.
Sejam bem-vindos e obrigada pela visita!

Postagens mais Recentes Postagens Mais Antigas Início