-->
1

Na Fila da Liberdade

Editar postagem

É interessante notar as diferenças em filas, de um lugar para o outro. Em Florianópolis, por exemplo, tanto nas filas de banco como de supermercado, as pessoas ficam conversando, com calma, esperando. Mesmo no Rio de Janeiro, enfrenta-se uma fila com mais humor.

Em São Paulo, a fila é uma tortura. A fila é triste e interminável. Parece que, se fosse possível, a gente mataria aqueles quatro ou cinco que estão na nossa frente. E, se alguém conversa com alguém, o assunto é a própria fila. Uns chegam a dizer palavras chulas. Xingam, como se a culpa fosse da pobre mocinha que está do outro lado da fila, muito mais aflita que os filenses.

Pois foi numa dessas filas que o fato se deu.
Era uma bela fila, de umas dez pessoas. E em supermercado, com aqueles carrinhos lotados, a gente ali olhando a mocinha tirar latinha por latinha, rolo por rolo de papel higiênico, aquela coisa que não tem fim mesmo. E naquela fila tinha um garotinho de uns dez anos, que existe apenas uma palavra para definir a figurinha: um pentelho. Como muito bem define o Houaiss: “pessoa que exaspera com sua presença, que importuna, que não dá paz aos outros”.

Pois ali estava o pentelhinho no auge de sua pentelhação. Quanto mais demorava, mais ele se aprimorava. E a mãe, ao lado, impassível. Chegou uma hora que o garoto começou a mexer nas compras dos outros. Tirar leite condensado de um carrinho e colocar no outro. Gritava, ria, dava piruetas. Era o reizinho da fila. E a mãe, não era com ela.

Na fila ao lado (aquela de velhos, deficientes e grávidas), tinha um casal de velhinhos. Mas velhinhos mesmo, de mãos dadas. Ali, pelos oitenta anos. A velhinha, não aguentando mais a situação, resolveu tomar as dores de todos e foi falar com a mãe. Que ela desse um jeito no garoto, que ela tomasse uma providência. No que a mãe, de alto e bom tom:

- Educo meu filho assim, minha senhora. Com liberdade, sem repressão. Meu filho é livre e feliz. É assim que se deve educar as crianças hoje em dia.

A velhinha ainda ameaçou dizer alguma coisa, mas se sentiu antiga, ultrapassada. Voltou para a sua fila. Só que não encontrou o seu marido, que havia sumido.

Não demorou muito e voltou o marido com um galão de água de cinco litros e, calmamente se aproximou da mãe do pentelho, abriu e entornou tudo na cabeça da mulher.

- O que é isso, meu senhor?

O velhinho colocou o vasilhame (que palavra antiga) no seu carrinho e enquanto a mulher esbravejava e o pentelho morria de rir, disse bem alto:

- Também fui educado com liberdade!!!

Foi ovacionado.

Mario Prata

(Tem hora que dá vontade de fazer isso mesmo!!!)

Leia Mais »»
1

Saúde para Todos

Editar postagem

Recebi de uma amiga, por e-mail, e achei interessante repassar a vocês...

Uma fatia de cenoura parece um olho humano. A pupila, íris e linhas raiadas são semelhantes ao olho humano... e SIM, a ciência agora mostra que a cenoura fortalece a circulação sanguínea e o funcionamento dos olhos.

Um tomate tem quatro câmaras e é vermelho. O coração é vermelho e têm quatro câmaras. Toda investigação mostra que o tomate é de fato um puro alimento para o coração e para a circulação sanguínea.

As uvas crescem em cacho que tem a forma do coração. Cada uva assemelha-se a uma célula sanguínea e toda a investigação hoje em dia mostra que as uvas são também um alimento profundamente vitalizador para o coração e o sangue.


Uma noz parece um pequeno cérebro, com hemisférios esquerdo e direito, cerebelos superiores e inferiores. Até as rugas e folhos de uma noz são semelhantes ao neo-córtex. Agora sabemos que as nozes ajudam a desenvolver mais de 3 dúzias de neurotransmissores para o funcionamento do cérebro.

Os feijões realmente curam e ajudam a manter a função renal e sim, são exatamente idênticos aos rins humanos.


O aipo, o bok choy, o ruibarbo e outros são idênticos a ossos. Estes alimentos atingem especificamente a força dos ossos. Os ossos são compostos por 23% de sódio e esses alimentos têm 23% de sódio. Se não tiver sódio suficiente na sua dieta o organismo retira sódio dos ossos, deixando-os fracos. Esses alimentos reabastecem as necessidades do esqueleto.

Berinjelas, abacates e pêras ajudam a saúde e o funcionamento do ventre e do cérvix feminino - eles são parecidos com esses órgãos. Atualmente a investigação mostra que quando uma mulher come um abacate por semana, equilibra os hormônios, não acumula gordura indesejada na gravidez e previne cânceres cervicais. E que profundo é isto?... Demora exatamente 9 meses para se cultivar um abacate da flor à fruta. Existem mais de 14.000 componentes químicos fotolíticos em cada um desses alimentos (a ciência moderna apenas estudou e nomeou cerca de 141).

Figos estão cheios de sementes e ficam pendurados aos pares quando crescem.
Os figos aumentam a mobilidade e aumentam o número de esperma masculino, assim como ajudam a combater a esterilidade masculina.

As batatas doces são idênticas ao pâncreas e de fato, equilibram o índice glicêmico de diabéticos.


Azeitonas ajudam a saúde e o funcionamento dos ovários. São ótimas para recuperar a súbita queda de pressão.


Toranjas, laranjas e outros citrinos assemelham-se à glândulas mamárias femininas e realmente ajudam a saúde das mamas e a circulação linfática, dentro e fora delas.

As cebolas parecem células do corpo. A investigação atual mostra que a cebola ajuda a limpar materiais excedentes de todas as células corporais. Até produzem lágrimas que lavam as camadas epiteliais dos olhos...

Fonte: Desconhecida

Leia Mais »»
0

Século 21

Editar postagem

Você sabe que está no século 21 quando:

1 - Você acidentalmente tecla sua senha no microondas.

2 - Há anos não joga paciência com cartas de papel.

3 - Você tem uma lista de 10 números de telefone para falar com sua família de 3 pessoas.

4 - Você envia e-mail ou MSN para conversar com a pessoa que trabalha na mesa ao lado da sua.

5 - Você usa o celular na garagem de casa para pedir a alguém que o ajude a desembarcar as compras.

6 - Todo comercial de TV tem um site indicado na parte inferior da tela.

7 - Esquecendo seu celular em casa, coisa que você não tinha há 20 anos, você fica apavorado e volta para buscá-lo.

8 - Você levanta pela manhã e liga o computador antes de tomar o café.

10 - Você conhece o significado de naum, tbm, qdo, xau, msm, dps...

11 - Você não sabe o preço de um envelope comum.

12 - A maioria das piadas que você conhece, você recebeu por e-mail (e ainda por cima ri sozinho).

13 - Você fala o nome da firma onde trabalha quando atende ao telefone em sua própria casa (ou até mesmo no celular).

14 - Você digita o "0" para telefonar de sua casa.

15 - Você vai ao trabalho quando o dia ainda está clareando com preguiça, volta para casa quando já escureceu.

16 - Quando seu computador pára de funcionar, parece que foi seu coração que parou.

17 - Você está lendo esta lista e está concordando com a cabeça e sorrindo.

17 - Você está concordando tão interessado na leitura que nem reparou que a lista não tem o número 9.

18 - Você voltou para verificar se é verdade que falta o número 9 e nem viu que tem dois números 17.

19 - E agora você está rindo sozinho.

Fonte : Inteligência de Robô

Leia Mais »»
0

Textos Falsos - Parte 1

Editar postagem

Estou pasma com a enxurrada de textos falsos que andam circulando pela Net ultimamente!!! Volta e meia recebo alguns por e-mail, atribuindo indevidamente sua autoria a este ou aquele escritor(a).
Depois de pagar um mico (pra mim foi...), divulgando um deles aqui no blog, resolvi colocar algumas informações que julgo serem de utilidade pública, de e sobre autores que tiveram seu nome usado de uma maneira nada ética, por pessoas menos éticas ainda, na divulgação desses textos.
Sabemos que a Internet é terra de ninguém... Se você recebeu algum texto legal de alguém e quer repassar aos seus amigos, parentes, enfim, seja lá quem for, faça isso com consciência! Não custa nada averiguar a verdadeira autoria...

A foto do post é do livro "Caiu na Rede", da jornalista Cora Rónai.
Martha Medeiros escreveu "Clonagem de Textos" na coluna Almas Gêmeas, do Terra, em 28 de maio de 2001 (faz tempo...).
Quase "mataram" Gabriel García Márquez em "La Marioneta".
Aqui vocês irão ouvir um desabafo de Arnaldo Jabor ("Divulgam na Internet textos que nunca escrevi"), na CBN em 05 de junho de 2008.
E por aí vai...

Acredito que um pouquinho de bom-senso não irá faz mal a ninguém, não é mesmo?!
Beijos carinhosos...

Leia Mais »»
1

No Stress!

Editar postagem

Noooossa, tá todo mundo sério! Uma correria danada... O estresse pegando de tudo quanto é lado. Até criança anda estressada, com aulas de judô, balé, informática, natação, inglês, tênis, no Orkut, MSN, Skype... Conectadas, a mil por hora!
Tenha dó, aonde queremos chegar?! O mundo não acabou na virada do milênio, nem vai acabar tão cedo, não adianta correr. Tá certo que ainda temos muito a evoluir, mas vamos com calma, sem neuroses. Pra que saber tantas outras coisas se nem aprendemos o mandamento básico: amar o próximo como amamos a nós mesmos?!
Outro dia ouvi alguém dizer: nunca desvalorize ninguém. Guarde cada pessoa perto do seu coração porque um dia você pode perceber que perdeu um diamante enquanto estava muito ocupado colecionando pedras!
Vamos representar bem nosso papel neste palco da vida. Uma hora estamos em crise, noutra tudo flui maravilhosamente. Assim também é com nossa família, com os amigos, com o país, com o mundo. Os ciclos vão e vem, uma hora é luz, outra é sombra.
Vamos apenas fazer a nossa parte, de preferência superar os limites e as expectativas, mas sem muita neura. A paz começa com cada um de nós. E a paz é o maior bem que podemos desejar...
Beijos e bom final de semana!!!

Leia Mais »»
1

Tiazonas Perigosas!!!

Editar postagem

Rindo muito aqui!!!

Leia Mais »»
1

Soneto da Fidelidade

Editar postagem

(Sua Bênção, Poetinha!!)


De tudo, ao meu amor serei atento
Antes, e com tal zelo, e sempre, e tanto
Que mesmo em face do maior encanto
Dele se encante mais meu pensamento

Quero vivê-lo em cada vão momento
E em seu louvor hei de espalhar meu canto
E rir meu riso e derramar meu pranto
Ao seu pesar ou seu contentamento

E assim quando mais tarde me procure
Quem sabe a morte, angústia de quem vive
Quem sabe a solidão, fim de quem ama

Eu possa lhe dizer do amor (que tive):
Que não seja imortal, posto que é chama
Mas que seja infinito enquanto dure

Vinicius de Moraes

Leia Mais »»
2

Dicas Para Sair Melhor em Fotografias

Editar postagem

Por mais que você se esforce, acaba sempre aparecendo torto e fazendo careta nas fotos do churrasco da turma ou do fim de ano em família?
Algumas pessoas são naturalmente fotogênicas, enquanto outras acabam sempre virando uma atração à parte nos álbuns da família e dos amigos, por sempre aparecer - sem querer - fazendo careta, despenteado, ou todo torto.
Se você está neste último grupo, o roteiro abaixo tem 5 dicas que você pode seguir para conseguir aparecer melhor nas fotos casuais de agora em diante.

1 - Arrume-se e dê uma olhada no espelho!

Se você sabe que vão tirar fotos, lembre-se disso na hora de se vestir. Além de escolher uma roupa bonita, evite as que saem mal em fotos (como listas horizontais, listas finas em geral, quadriculados, padronagens berrantes, excesso de brilho, etc.). A não ser que você seja um gênio das cores e da fotografia, opte por cores neutras e que combinem naturalmente com sua pele, cabelo e acessórios. Na hora em que as fotos forem começar, dê uma rápida olhada no espelho: corrija os cabelos despenteados, verifique se não tem nada nos seus dentes, limpe bem os óculos, e evite assim os problemas mais embaraçosos que você já viu em tantas fotos ao longo da vida!

2 - Cuidado com o brilho próprio

Quando falamos da personalidade, ter brilho próprio sempre é bom. Mas na hora de fotografar, o brilho da sua face só atrapalha. Se sua pele for muito oleosa ou se você estiver suado, recorra a uma toalha de papel ou mesmo a uma toalha levemente umedecida. Ou ao pano limpo que estiver à mão, em último caso.

3 - Postura de vencedor

Se você aparece naturalmente relaxado e bem posicionado nas fotos, continue usando a posição que já adota naturalmente. Mas se você é uma daquelas pessoas que sempre parece rígida demais, torta ou jogada nas fotos, existem duas posturas fáceis de adotar em fotos tiradas em pé. A primeira delas é ficar de frente para a câmera, colocar um dos pés à frente do outro (com o peso concentrado em um deles), braços naturalmente caídos ao longo do corpo, ombros naturalmente relaxados, e inclinar-se um pouco (pouco!) para trás - você vai se sentir estranho, mas fica legal na imagem. A outra é posicionar o corpo em um leve ângulo em relação à câmera (não exagere - 60 graus já é demais), e aí virar a cintura e o pescoço para encarar o alto da testa do fotógrafo (ou a lente, se você preferir sair igual a todo mundo) exibindo 3/4 do rosto, sem mover os pés. Pratique ambas com uma câmera digital, e nunca mais pareça o Tropeço (da família Addams, lembra?) nas fotos.

4 - Encarando a lente da verdade - sem sorriso amarelo

Nada de pescoço de ganso nem de cara torta! Na postura em ângulo (ver item acima), aproveite para esticar o pescoço e depois inclinar a cabeça de volta para baixo apenas parcialmente. Isso ajuda a evitar que você pareça ter queixo duplo (especialmente se a câmera estiver pouco acima da altura dos seus olhos), e corrige o achatamento da face. Aproveite e escolha qual o seu melhor ângulo, eventualmente escondendo algum aspecto que você prefira não mostrar em destaque! Se desejar isso muito arduamente, você pode praticar ângulos diversos sozinho com uma câmera digital (coloque-a na altura certa!), até aprender quais ângulos prefere usar em público. Evite expressões congeladas e sorrisos forçados - eles pioram qualquer foto casual, e não mostram quem você realmente é. A meta é sorrir com os olhos e a face inteira, e não apenas com os lábios. Pense em alguma coisa engraçada ou alegre, e se fotos deixam você nervoso, tente não se concentrar nelas. Se a foto for posada e não for em grupo (e assim você tiver certeza de que o fotógrafo está prestando atenção em você e não vai tirar a foto com seus olhos fechados), feche os olhos e inspire. Após alguns segundos, expire, abra os olhos e sorria. Assim o sorriso não parece um modelo prét-a-porter comprado em liquidação, nem aquelas máscaras de gesso em forma de sorriso deformado! Uma dica extra, se você não gosta da forma como seu sorriso aparece nas fotos porque parece mostrar um pedação das gengivas ou excesso de dentes, é praticar para sorrir só parcialmente, sem deformar a expressão.

5 - Locação, horário e equipamento

Tudo isso depende bem mais do fotógrafo do que de você, se as fotos forem casuais. Mas se você puder influenciar, escolha sempre o amanhecer e o pôr-do-sol para as fotos ao ar livre. Se precisar ser fotografado ao ar livre no meio do dia, faça-o à sombra, a não ser que o fotógrafo saiba muito bem o que está fazendo! Escolha sempre um fundo regular (padrões confusos ou muito detalhados costumam atrapalhar bastante) ou neutro, e evite o flash, a não ser que esteja sendo controlado por alguém que domine o equipamento.

Relaxe!

Como tudo que é humano, essas dicas podem variar, e alguns profissionais podem sugerir fazer exatamente o oposto. A chave é experimentar, praticar, e - na hora da verdade - relaxar. As melhores fotos casuais mostram quem você é, e não uma pose ou postura forçada.

Fonte: Efetividade.net

Leia Mais »»
0

Telemarketing: Ótima Notícia

Editar postagem

(Nossa paciência e nossos ouvidos "irão estar agradecendo")...rsrs

Lei cria cadastro para bloquear ligações de telemarketing em SP
(Projeto foi sancionado nesta terça-feira (7) pelo governador José Serra)

O governador José Serra sancionou nesta terça-feira (7), a Lei 13.226, que cria o cadastro para bloqueio do recebimento de ligações de telemarketing no Estado de São Paulo. O objetivo é proteger os cidadãos que não desejam receber ligações de empresas de telemarketing ou de estabelecimentos que se utilizem deste serviço. A lei beneficiará usuários de telefonia fixa e celular, com DDD do Estado de São Paulo.
Para o consumidor fazer parte do cadastro estadual para bloqueio do recebimento de ligações de telemarketing será necessário que o titular da linha faça a solicitação formal junto à Fundação Procon-SP. O modo como a solicitação será feita ainda será regulamentado por decreto do governador. A Fundação Procon-SP estuda oferecer um formulário na internet. Segundo a assessoria da entidade, ainda não existe data para o cadastro entrar em vigor. A lei fixa que o consumidor passará a ter as ligações de telemarketing "bloqueadas" a partir do 30º dia de ingresso no cadastro. O usuário poderá solicitar a qualquer momento sua exclusão ou inclusão. Os fornecedores e as empresas de telemarketing deverão se cadastrar para poder consultar a lista de telefones inscritos no cadastro da Fundação Procon-SP, que fornecerá apenas o número do telefone do consumidor. O titular da linha que aderir ao cadastro e, mesmo assim, receber uma ligação de telemarketing poderá comunicar o fato à Fundação Procon-SP, no prazo de 30 dias. A empresa que não respeitar o cadastro estará sujeita à multa de R$ 10 mil por ligação efetuada. A lei não se aplica às entidades filantrópicas que utilizem telemarketing para angariar recursos próprios. O projeto intitulado de "Não Perturbe", de autoria do deputado Jorge Caruso (PMDB), foi aprovado pela Assembléia Legislativa no início de setembro.

Fonte: Propmark

Leia Mais »»
0

Nem Tudo É O Que Parece!

Editar postagem

Já aconteceu com você de olhar a embalagem de um alimento pronto, ficar seduzido(a) pela foto do produto, comprar o dito cujo e na hora de abrir (ou preparar) para comer ter aquela decepção com a aparência?!
Pois é...
Nas minhas andanças pela Net, acabei caindo de pára-quedas num site muito interessante!
Um alemão resolveu fotografar as embalagens de alimentos prontos e compará-las com seus respectivos conteúdos. Olha só no que deu:

Vale a pena dar uma conferida. Alguns produtos são bem fiéis às fotos das embalagens, porém outros deixam muito a desejar!

Fonte: Pundo3000

Leia Mais »»
3

A Despedida do Amor

Editar postagem

Fiquem mais uma vez com a Martha. É impressionante a identificação que eu tenho com suas crônicas...Beijos...

Existe duas dores de amor. A primeira é quando a relação termina e a gente, seguindo amando, tem que se acostumar com a ausência do outro, com a sensação de rejeição e com a falta de perspectiva, já que ainda estamos tão envolvidos que não conseguimos ver luz no fim do túnel.
A segunda dor é quando começamos a vislumbrar a luz no fim do túnel.
Você deve achar que eu bebi. Se a luz está sendo vista, adeus dor, não seria assim? Mais ou menos. Há, como falei, duas dores. A mais dilacerante é a dor física da falta de beijos e abraços, a dor de virar desimportante para o ser amado. Mas quando esta dor passa, começamos um outro ritual de despedida: a dor de abandonar o amor que sentíamos. A dor de esvaziar o coração, de remover a saudade, de ficar livre, sem sentimento especial por ninguém. Dói também.

Na verdade, ficamos apegados ao amor tanto quanto à pessoa que o gerou. Muitas pessoas reclamam por não conseguir se desprender de alguém. É que, sem se darem conta, não querem se desprender. Aquele amor, mesmo não retribuído, tornou-se um suvenir de uma época bonita que foi vivida, passou a ser um bem de valor inestimável, é uma sensação com a qual a gente se apega. Faz parte de nós. Queremos, logicamente, voltar a ser alegres e disponíveis, mas para isso é preciso abrir mão de algo que nos foi caro por muito tempo, que de certa maneira entranhou-se na gente e que só com muito esforço é possível alforriar.
É uma dor mais amena, quase imperceptível. Talvez, por isso, costuma durar mais do que a dor-de-cotovelo propriamente dita. É uma dor que nos confunde. Parece ser aquela mesma dor primeira, mas já é outra. A pessoa que nos deixou já não nos interessa mais, mas interessa o amor que sentíamos por ela, aquele amor que nos justificava como seres humanos, que nos colocava dentro das estatísticas: eu amo, logo existo.
Despedir-se de um amor é despedir-se de si mesmo. É o arremate de uma história que terminou, externamente, sem nossa concordância, mas que precisa também sair de dentro da gente.

Martha Medeiros

Leia Mais »»
0

I've Got You Under My Skin

Editar postagem

Um dos clássicos do Jazz, interpretado magistralmente por Diana Krall. Essa moça canta muuuito!!!

Leia Mais »»
Postagens mais Recentes Postagens Mais Antigas Início