-->
0

Carta para Papai Noel

Editar postagem

(Mais um texto genial da minha escritora preferida...)

Caro Papai Noel,

não vou lhe pedir boneca, carrinho ou game porque não sou mais criança, e também não vou pedir paz no mundo porque já não acredito mais nisso. Mas ainda acredito no senhor, o que é miraculoso. Então lhe peço através desta humilde cartinha: será que neste Natal o senhor poderia harmonizar esta quantidade incrível de casais que se amam mas não se entendem?
Não sei se o senhor é casado, solteiro ou enrolado, mas deve entender um pouco dessas coisas, suas barbas brancas não surgiram do nada. O que acontece é o seguinte: João ama Maria e Maria ama João, mas o ciúme impede que eles vivam tranqüilos (Maria está sempre desconfiada e pega muito no pé dele).Carlos ama Regina e Regina ama Carlos, mas a diferença de idade deixa ela insegura (ela é 10 anos mais velha e não percebe que ele não dá a mínima pra isso). Suzana ama Flávio e Flávio ama Suzana, mas eles não demonstram este amor da mesma maneira (ela é mais cautelosa, nunca disse "eu te amo", e ele fica grilado). Vivian ama Marilia e Marilia ama Vivian, mas têm problemas para assumir a relação (uma saiu do armário e a outra esconde a homossexualidade da família). Jairo ama Luiza e Luiza ama Jairo, mas o sexo é traumático pra ele (Jairo se recusa a fazer terapia). Selma ama Renato e Renato ama Selma, mas ela parece desinteressada (só dá atenção aos filhos). Juca ama Andrea e Andrea ama Juca, mas eles brigam por qualquer coisinha (um é egocêntrico e o outro também, então já viu, né?)
Papai Noel, se eu fosse citar todos os exemplos, não caberia nesta minha coluna. Seria uma carta sem fim, e eu tenho outros textos pra escrever, o dever me chama. Então, meu bom velho, posso contar com o senhor? É só distribuir de casa em casa os seguintes presentes: positivismo, serenidade e consciência, para que o pessoal se lembre que desacertos fazem parte de TODAS as relações: ou enfrenta-se com bom humor ou então é melhor ficar sozinho. Mas taí uma coisa que ninguém acredita: que a solidão é a melhor opção.
Papai Noel, vê lá. Estou confiando nas suas barbas brancas.

Martha Medeiros

Comente Adicionar Comentário

Postar um comentário

Deixe aqui seu comentário.
Responderei assim que for possível.
Sejam bem-vindos e obrigada pela visita!

Postagens mais Recentes Postagens Mais Antigas Início