-->
3

Voltando!!!

Editar postagem

Aos queridos leitores que continuam acessando o .::ESTRELA DE ORION::. mesmo com a falta de posts, o meu muito obrigada e ao mesmo tempo um pedido de desculpas a todos vocês...
Fiquei fora do ar por algum tempo, por conta de uma "pequena" reforma em minha casa e depois de uma série de contratempos (vocês não têm noção do que aconteceu por aqui...aff), a bagunça já está quase terminada.
Cabeça a mil por hora, estava naquela de "PARE O MUNDO QUE EU QUERO DESCER", cansada de tanta sujeira (nos dois sentidos, by the way), portanto sem ânimo e sem tempo para me dedicar ao blog.
Mas enfim, "tô voltando"!!!
Beijos a todos e até o próximo post...

Leia Mais »»
0

Complicabilizando

Editar postagem

Uma crônica bem humorada de Ricardo Freire sobre aqueles verbos que vêm sofrendo modificações gramaticais por conta da globalização, informatização, e outras "zações" mais…

Não, por favor, nem tente me disponibilizar alguma coisa, que eu não quero. Não aceito nada que pessoas, empresas ou organizações me disponibilizem. É uma questão de princípios. Se você me oferecer, me der, me vender, me emprestar, talvez eu venha a topar. Até mesmo se você tornar disponível, quem sabe, eu aceite. Mas, se você insistir em disponibilizar, nada feito.

Caso você esteja contando comigo para operacionalizar algo, vou dizendo desde já: pode tirar seu cavalinho da chuva. Eu não operacionalizo nada para ninguém. Tampouco compactuo com quem operacionalize. Se você quiser, eu monto, eu realizo, eu aplico, eu ponho em operação. Se você pedir com jeitinho, eu até implemento. Mas, operacionalizar, jamais.

O quê? Você quer que eu agilize isso para você? Lamento, mas eu não sei agilizar nada. Nunca agilizei. Está lá no meu currículo: faço tudo, menos agilizar. Precisando, eu apresso, eu priorizo, eu ponho na frente, eu dou um gás. Mas agilizar - desculpe, não posso, acho que matei essa aula.

Outro dia mesmo queriam reinicializar meu computador. Só por cima do meu cadáver virtual! Prefiro comprar um computador novo a reinicializar o antigo. Até porque eu desconfio que o problema não seja assim tão grave. Em vez de reinicializar, talvez seja o caso de simplesmente reiniciar, e pronto.

Por falar nisso, é bom que você saiba que eu parei de utilizar. Assim, sem mais nem menos. Eu sei, é uma atitude um tanto quanto radical da minha parte, mas eu não utilizo mais nada. Tenho consciência de que a cada dia que passa mais e mais pessoas estão utilizando, mas eu parei. Não utilizo mais. Agora eu só uso. E recomendo. Se você soubesse como é muito mais elegante, também deixaria de utilizar e passaria a usar.

Sim, estou me associando à campanha nacional contra os verbos que acabam em "ilizar". Se nada for feito, daqui a pouco eles serão mais numerosos do que os terminados simplesmente em "ar". Todos os dias os maus tradutores de livros de marketing e administração disponibilizam mais e mais termos infelizes, que imediatamente são operacionalizados pela mídia, reinicializando palavras que já existiam e eram perfeitamente claras e eufônicas.

A doença está tão disseminada que muitos verbos honestos, com currículo de ótimos serviços prestados, estão a ponto de cair em desgraça entre pessoas de ouvidos sensíveis. Depois que você fica alérgico a disponibilizar, como você vai admitir, digamos, "viabilizar"? É triste demorar tanto tempo para a gente se dar conta de que "desincompatibilizar" sempre foi um palavrão.

Precisamos reparabilizar nessas palavras que o pessoal inventabiliza só para complicabilizar. Caso contrário, daqui a pouco nossos filhos vão pensabilizar que o certo é ficar se expressabilizando dessa maneira. Já posso até ouvir as reclamações: "Você não vai me impedibilizar de falabilizar do jeito que eu bem quilibiliser". Problema seu. Me inclua fora dessa.

Ricardo Freire

Leia Mais »»
0

Trailer Legendado - This Is It - Michael Jackson

Editar postagem

Fiquei arrepiada com esse trailer!!!
Isso serve para evidenciar que apesar de tantos boatos, Michael estava em plena forma, pronto para nos presentear mais uma vez com um espetáculo digno de tirar o chapéu...
Lamentavelmente os fatos que antecederam sua morte (assassinato, diga-se de passagem), ainda continuam obscuros...
Só nos resta o consolo de saber que agora ele está ensinando o Moonwalker a todos os anjos!!!

Leia Mais »»
0

As Pérolas do ENEM 2008

Editar postagem

O tema da redação do Enem 2008 foi Aquecimento Global, e como acontece todo ano, não faltaram preciosidades. Lá vão:

1) "O problema da amazônia tem uma percussão mundial. Várias Ongs já se estalaram na floresta." (percussão e estalos. Vai ficar animado o negócio)

2) "A amazônia é explorada de forma piedosa." (boa)

3) "Vamos nos unir juntos de mãos dadas para salvar planeta." (tamo junto nessa, companheiro. Mais juntos, impossível)

4) "A floresta tá ali paradinha no lugar dela e vem o homem e créu." (e na velocidade 5!)

5) "Tem que destruir os destruidores por que o destruimento salva a floresta." (pra deixar bem claro o tamanho da destruição)

6) "O grande excesso de desmatamento exagerado é a causa da devastação." (pleonasmo é a lei)

7) "Espero que o desmatamento seja instinto." (selvagem)

8) "A floresta está cheia de animais já extintos. Tem que parar de desmatar para que os animais que estão extintos possam se reproduzirem e aumentarem seu número respirando um ar mais limpo." (o verdadeiro milagre da vida)

9) "A emoção de poluentes atmosféricos aquece a floresta." (também fiquei emocionado com essa)

10) "Tem empresas que contribui para a realização de árvores renováveis." (todo mundo na vida tem que ter um filho, escrever um livro, e realizar uma árvore renovável)

11) "Animais ficam sem comida e sem dormida por causa das queimadas." (esqueceu que também ficam sem o home theater e os dvd's da coleção do Chaves)

12) "Precisamos de oxigênio para nossa vida eterna." (amém)

13) "Os desmatadores cortam árvores naturais da natureza." (e as renováveis?)

14) "A principal vítima do desmatamento é a vida ecológica." (deve ser culpa da morte ecológica)

15) "A amazônia tem valor ambiental ilastimável." (ignorem, por favor)

16) "Explorar sem atingir árvores sedentárias." (peguem só as que estiverem fazendo caminhadas e flexões)

17) "Os estrangeiros já demonstraram diversas fezes enteresse pela amazônia." (o quê?)

18.) "Paremos e reflitemos." (beleza)

19) "A floresta amazônica não pode ser destruída por pessoas não autorizadas." (onde está o Guarda Belo nessas horas?)

20) "Retirada claudestina de árvores." (caráulio)

21) "Temos que criar leis legais contra isso." (bacana)

22) "A camada de ozonel." (Chris O'Zonnell?)

23) "a amazônia está sendo devastada por pessoas que não tem senso de humor." (a solução é colocar lá o pessoal da Zorra Total pra cortar árvores)

24) "A cada hora, muitas árvores são derrubadas por mãos poluídas sem coração." (para fabricar o papel que ele fica escrevend asneiras)

25) "A amazônia está sofrendo um grande, enorme e profundíssimo desmatamento devastador, intenso e imperdoável." (campeão da categoria "maior enchedor de lingüiça")

26) "Vamos gritar não à devastação e sim à reflorestação." (NÃO!)

27) "Uma vez que se paga uma punição xis, se ganha depois vários xises." (gênio da matemática)

28) "A natureza está cobrando uma atitude mais energética dos governantes." (red bull neles - dizem as árvores)

29) "O povo amazônico está sendo usado como bote expiatório" (ótima)

30) "O aumento da temperatura na terra está cada vez mais aumentando." (subindo!)

31) "Na floresta amazônica tem muitos animais: passarinhos, leões, ursos, etc." (deve ser a globalização)

32) "Convivemos com a merchendagem e a politicagem." (gzus)

33) "Na cama dos deputados foram votadas muitas leis." (imaginem as que foram votadas no banheiro deles)

34) "Os dismatamentos é a fonte de inlegalidade e distruição da froresta amazonia." (oh god)

35) "O que vamos deixar para nossos antecedentes?" (dicionários)

Seria cômico se não fosse trágico!!!

Leia Mais »»
0

Fazendo Regime...

Editar postagem

(Recebi esse texto por e-mail e dei boas gargalhadas...)

Tenho dois grandes problemas em relação a meu peso:
1 - Dificuldade de emagrecer e...
2 - Facilidade de engordar.

Em algum lugar do meu DNA implantaram um gene de urso polar e meu organismo sempre tem a sensação de que eu vou hibernar durante seis meses e, assim, resolve guardar tudo o que como pra sobreviver ao inverno. O problema é que a vida do urso polar é só inverno. Sem contar que eu devo ter um sério distúrbio oftalmológico, ligado ao acúmulo de gordura, porque basta eu olhar para uma lasanha que minha bunda aumenta.

Claro, ao longo da vida já engordei, emagreci, engordei, emagreci, como qualquer sanfona histórica. Nada de tão grave que me impedisse de virar a roleta no metrô com uma pequena ajuda ou que me fizesse entalar na roda-gigante. O caso é que nesse engorda-emagrece, eu parei, por último, no engorda.

O problema é que passar a vida inteira preocupada com o peso é um porre. E a pior parte é ouvir as mesmas soluções e receitas de dieta que você não vai fazer, como: "comer muita fruta, muita verdura, cortar massas e... suspender o açúcar".

Ah, então tá. Vamos cortar as massas. Pega a tesoura, por favor, que eu vou picotar o espaguete e já volto. O açúcar eu vou guardar em cima do armário pra ficar suspenso. As frutas eu vou comer, todas, como um bom abacatesão e uma jaca gay.

Vamos deixar de ser hipócritas: o mundo ocidental, capitalista, foi projetado para produzir gente gorda. Você vai à lanchonete e tudo é gorduroso, calórico e cheio de açúcar. Pra disfarçar eles vendem uma daquelas saladinhas transgênicas cuja embalagem é mais saudável que o conteúdo.

Em qualquer lugar do planeta, na padaria, no posto de gasolina, na banca de revistas, você pode comer salgadinhos, bala, chocolate, tudo que engorda. Ninguém nunca viu um pacote de cenoura picada, pepino em rodelinha, talos de salsão na boca de caixa da padaria.

Porém, não é só a ingestão da comida que é programada para deixar você obeso e infeliz: todo o marketing da indústria do emagrecimento foi construído para mentir e levar seu dinheirinho. As modelos que vendem aparelhos de ginástica, fazem lipo, botam silicone e depois vão dizer que foi aquela cadeirinha super-duper-lipo-sculpt, em quatro parcelinhas de xis e noventa e nove, que fez com que ela ficasse com aquele corpinho.

O apresentador toma remédio pra emagrecer, faz uma plástica e depois vende diet-sucos pra enganar você. Quem nasceu magro, seja magro de ruim ou magro de fome, está na vantagem. Vai economizar muito dinheiro, tempo e sanidade mental.

Quem tem tendência a sair rolando, sabe como é o momento de enfrentar a balança do banheiro. Primeiro você tira a roupa, o sapato, a meia e sobe na balança. Eu tiro também a piranha do cabelo e os óculos de grau, mas daí, na hora de ver o peso sem os óculos, sempre acho que estou vendo errado. Não acredito naqueles quilos todos!

Aí, você faz xixi, escova os dentes, corta as unhas, pra se livrar de mais alguns gramas e sobe na balança de novo... Nada!!! O ponteiro já está rindo da sua cara e não sai do lugar. Você resolve botar mais coisas pra fora. Chora, corta o cabelo, tira a sobrancelha, depila as pernas, arranca uma obturação... nada!!! Dá vontade de pular da janela, mas morrer gordo e pelado é o pior vexame... Ahhhhhhhhhhhhhhh... Melhor ficar vivo com uma roupinha larga.

Você volta, se veste e sai do banheiro se sentindo uma pizza de ontem grudada na tampa, um lixo, um nada. Mas, dizem que enquanto há vida, há ex-pelancas e para tudo há uma solução. É só você fazer reeducação alimentar. Ah, bom! Era isso... Falta de educação... Agora sim, vou dividir minhas horas do dia, fragmentar as refeições, ingerir mais proteínas do que carboidratos, trocar o açúcar por adoçante e tudo vai dar certo. Sim, porque no fim, você vai ao spa, faz uma lipo, bota uma prótese. Se não der certo, você grampeia o estômago, costura a boca e amplia o reto! Você vai ver quão fácil vai ser, você vai ficar magro, direto!

"O que eu faria com uns 'quilinhos' a menos?" Sairia correndo pra dar um soco na cara do imbecil que criou esse comercial! Aproveitando o nome do remédio, já faço a rima: Vai K-gá (kkkkkkkkkkkk) no matagal!!!

Agora, com licença, que eu tenho que sair pra caminhar. Sabe, fazer exercícios queima calorias... Emagrece... ou pelo menos, desengorda!

(Autoria desconhecida)

Leia Mais »»
0

Boas Ideias + Tecnologia

Editar postagem

Definitivamente o clip mais criativo e surpreendente que já vi na Internet!!!

Leia Mais »»
4

Mais uma Historinha ou a Pura Realidade?

Editar postagem

Semana passada comprei um artigo que custou R$ 1,58. Dei à balconista R$ 2,00 e peguei na minha carteira R$ 0,08, para evitar receber ainda mais moedas. A balconista pegou o dinheiro e ficou olhando para a máquina registradora, aparentemente sem saber o que fazer.
Tentei explicar que ela tinha que me dar R$ 0,50 de troco, mas ela não se convenceu e chamou o gerente para ajudá-la. Ficou com lágrimas nos olhos enquanto o gerente tentava explicar e ela continuava sem entender.
Por quê estou contando isso?!

Porque me dei conta da evolução do ensino de matemática desde 1950, que foi assim:

1. Ensino de matemática em 1950:
Um cortador de lenha vende um carro de lenha por R$ 100,00.
O custo de produção desse carro de lenha é igual a 4/5 do preço de venda.
Qual é o lucro?

2. Ensino de matemática em 1970:
Um cortador de lenha vende um carro de lenha por R$ 100,00.
O custo de produção desse carro de lenha é igual a 4/5 do preço de venda ou R$ 80,00.
Qual é o lucro?

3. Ensino de matemática em 1980:
Um cortador de lenha vende um carro de lenha por R$ 100,00.
O custo de produção desse carro de lenha é R$ 80,00.
Qual é o lucro?

4. Ensino de matemática em 1990:
Um cortador de lenha vende um carro de lenha por R$ 100,00.
O custo de produção desse carro de lenha é R$ 80,00.
Escolha a resposta certa, que indica o lucro:
R$ 20,00 ( ) R$ 40,00 ( ) R$ 60,00 ( ) R$ 80,00 ( )

5. Ensino de matemática em 2000:
Um cortador de lenha vende um carro de lenha por R$ 100,00.
O custo de produção desse carro de lenha é R$ 80,00. O lucro é de R$ 20,00.
Está certo?

6. Ensino de matemática em 2008:
Um cortador de lenha vende um carro de lenha por R$ 100,00.
O custo de produção é R$ 80,00.
Se você sabe ler coloque um X no R$ 20,00.
O lucro é R$ 20,00 ( )

Leia Mais »»
1

Exemplo de Superação

Editar postagem

É impressionante a capacidade do ser humano de romper barreiras e superar a própria limitação!
Nesse vídeo, todas as 21 dançarinas chinesas são surdas-mudas completas e interpretam magnificamente a "Dança das Mil Mãos" (Thousand-Hand Guan Yin). Confiando apenas nos sinais dos treinadores espalhados nos quatro cantos do palco, essas criaturas extraordinárias conseguem nos proporcionar um espetáculo visual dos mais complexos e ao mesmo tempo deslumbrante.

A sincronia dos movimentos é simplesmente perfeita, um maravilhoso resultado obtido após muito treino e muita dedicação. Esse vídeo foi gravado em 2005 em Beijing, durante o Festival da Primavera que equivale ao Natal e ao Carnaval do Brasil, em termos de importância cultural.

Leia Mais »»
2

Algumas Considerações...

Editar postagem

Até agora eu me contive em tecer aqui no blog qualquer comentário a respeito da morte de Michael Jackson, embora eu tivesse escrito este post há tempos... Só estava aguardando a poeira baixar...
Fã de carteirinha, cresci junto com ele (sou apenas dois anos mais velha), vendo, ouvindo e acompanhando sua brilhante carreira.

Inquestionavelmente, Michael Jackson foi um gênio da música, da dança, dos shows... Só isso talvez já bastaria para gostar e simplesmente gostar dele, de suas músicas contagiantes, que por vezes "obrigavam" nosso corpo a acompanhar. Mas ele foi mais que isso! Foi um ser humano lindo, nobre, com um coração do tamanho do mundo!

Dói muito saber que ele se foi, que não existe outro igual e que dificilmente existirá. Enquanto ele estava aqui, foi incompreendido e julgado injustamente. Enquanto fazia coisas tão maravilhosas, muitos só falavam do supérfluo, das mudanças de sua aparência ou dos seus hábitos ditos bizarros.

A vida é mesmo engraçada...
Colocam um menino de 5 anos de idade num palco e transformam a vida dele pública para sempre, e esperam que ele seja igual a todo mundo, sendo que nunca lhe deram esta oportunidade de fato. Ele nunca soube o que era ser normal. E acho que aí está o maior encanto: não ser normal o fez especial!!!

Alguém que só queria agradar, sem tempo pra ser quem realmente queria ser... Alguém cujo palco era sua casa desde muito cedo e era no palco, criando, realizando arte, onde ele se sentia realmente bem, feliz, onde podia ser ele mesmo, talvez. Fora dele, ele se perdia, se escondia... Fez cirurgias plásticas, clareou a pele (sem que desejasse isso), mudou visivelmente sua aparência. Os motivos que o levaram a fazer isso acho que só diziam respeito a ele mesmo.

Às vezes penso cá com meus botões: será que ele queria criar uma máscara mesmo, pra proteger o frágil Michael que existia bem lá no fundo?
Se assim foi, não o condeno por isso... Alguém com a vida tão exposta tem que se proteger de alguma maneira. E acho que nem eu e nem ninguém tem o direito de julgá-lo, afinal, ele foi uma marionete nas mãos de produtores, do pai, e sei lá mais de quantas sanguessugas e aproveitadores...

Lógico que chama a atenção alguém mudar tanto fisicamente, mas ele foi muito mais do que o rostinho nas fotos. Foi o que é algo muito mais valioso: uma grande alma...
E mesmo tendo sido uma grande alma, sofreu as consequências do fator "ser humano", que implica em ter sentimentos complexos e contraditórios à razão; teve defeitos e qualidades, fraquezas, medos, inseguranças, desejos, enfim, uma infinidade de sentimentos.

Apesar disso tudo, e com o agravante da fama, da ausência de uma vida particular, da invasão de privacidade, do dinheiro (que sim, corrompe um número gigantesco de pessoas) ele se manteve de coração puro, ainda pensava em fazer o bem, ajudar quem precisasse, cultivar a infância em quem corria o risco de perdê-la, preocupava-se com o planeta e com as pessoas que nele habitam. Perto disso tudo, acho tão pequeno o que ele fez com seu corpo...

Pensando bem, acho que ninguém mais do que ele mesmo sofreu com isso. Sofreu para mudar, e por mudar. Por quê as pessoas se acham no direito de julgar, de tomar conta da vida alheia? No que afeta a mim ou a qualquer outra pessoa, se ele era negro ou branco ou porque ele era de um jeito ou do outro? É um detalhe tão pequenino perto de quem ele foi...

Alguém que teve a capacidade de criar, e criar coisas tão lindas, diga-se de passagem, com mensagens e melodias que embalam, tocam nossos corações e nos fazem entrar em contato com os nossos sentimentos e com os dele... Esse dom é dado para poucos!!!

Diferentemente da maioria das pessoas, eu sempre o enxerguei com outros olhos: com os olhos da alma! Sinto-me um pouco vazia, com a sensação de ter perdido alguém muito próximo... Lamento por aqueles que não chegarão a viver num mundo com ele porque penso que o mundo perdeu uma certa magia. Meus olhos se enchem de lágrimas quando penso nisso. Outro igual não teremos entre nós por um bom tempo, inclusive porque quando temos, não reconhecemos, não cuidamos...

Acho que só tem uma maneira de eu me sentir um pouco menos triste por tudo isso: deixando o egoísmo de lado e sabendo que ele está num lugar muito melhor, está sendo bem tratado e, finalmente, está em paz!!!
Mas creio que não devemos deixar morrer o que ele nos deixou. Além de sua arte, a sua grande lição. Devemos continuar o seu legado, repassar sua mensagem para futuras gerações, para quem não teve oportunidade de conhecê-lo.

Atender às suas súplicas de "curar o mundo", de "nos olharmos no espelho e fazermos a mudança". Cada um à sua maneira, como e com o que for possível, mas cada um plantando a sementinha de seu desejo de "MUDANÇA". Se cada um fizer um pouco, juntos, faremos muito. Porque nós somos o mundo...

Honremos este homem tão maravilhoso e que não teve paz durante a sua vida mas, que de onde estiver, sentirá que valeu a pena a mensagem que nos trouxe, por mais alto que tenha sido o preço que ele tenha pago por tudo isso...

Aproveitando o momento, o irmão de Michael, Jermaine Jackson participará do programa Larry King Live na noite desta sexta-feira, às 21 h na CNN. Foi postado no blog do Larry King uma linda declaração de Jermaine sobre a morte do irmão. Vale a pena ler. Obviamente está em inglês, mas um bom tradutor sempre ajuda...

Beijos...

Leia Mais »»
0

Suporte Técnico...

Editar postagem

Caro Suporte Técnico:

O ano passado fiz um upgrade do NAMORADO 5.0 para o MARIDO 1.0 e notei uma redução significativa da performance, principalmente nos aplicativos FLORES e JÓIAS, que operavam sem falhas em NAMORADO 5.0.

Além disso, o MARIDO 1.0 desinstalou outros programas importantes como ROMANCE 9.5 e ATENÇÃO AO QUE EU DIGO 6.5 e instalou aplicativos indesejáveis, como SUPERLIGA 5.0.

Também não tenho conseguido rodar os programas CONVERSAÇÃO 8.0 e LIMPAR A CASA 2.5. O sistema fica bloqueado. Tentei rodar o RECLAMAR 5.3 para corrigir esses bugs e não consegui nada.

Alguém pode me ajudar???
Ass.: Desesperada.
-------------------------------------------------------------------------------------------------

Cara desesperada:

Primeiro, tenha em mente que o NAMORADO 5.0 é um programa de entretenimento, enquanto MARIDO 1.0 é um sistema operacional.

Comece fazendo o download de LÁGRIMAS 6.2 e depois digite o comando C:\ EU PENSEI QUE VOCÊ ME AMAVA para instalar o CULPA 3.0. Essa operação atualiza automaticamente os aplicativos FLORES 3.5 e JÓIAS 2.0.

No entanto, lembre-se que o uso excessivo desses programas no MARIDO 1.0 pode ativar outros programas indesejáveis, como SILÊNCIO TOTAL 6.1 e FUTEBOL COM OS AMIGOS 7.0, que invariavelmente instala o CERVEJA 6.1.

Este último é terrível, pois cria arquivos tipo WAV da versão RESSONAR ALTO 2.5. De qualquer forma, NUNCA instale SOGRA 1.0 ou reinstale qualquer versão de NAMORADO. Estes programas são incompatíveis e irão bloquear o funcionamento do sistema operacional MARIDO 1.0.

Em resumo, MARIDO 1.0 é um ótimo sistema, mas tem limitações de memória e demora a rodar certos aplicativos. Para o perfeito funcionamento do sistema, sugerimos que a senhora adquira alguns programas adicionais. Recomendamos JANTAR ROMÂNTICO 3.0 e LINGERIE 6.9!!!

Tenha muito cuidado! Algumas clientes instalam o FILHO 1.0 para tentar dar estabilidade ao sistema e muitas vezes isso causa um efeito contrário, acarretando uma necessidade de verificação total do sistema para garantir a existência de espaço no disco rígido e, sobretudo, assegurar a existência de um adequado arquivo de paginação em MONEY 3.0!

Boa Sorte,

Atenciosamente,

Suporte Técnico

Fonte: Recebido por e-mail

Leia Mais »»
2

A Conta

Editar postagem

Num mundo onde tanta gente perde, sofre, se frustra, é quase natural que os que estão felizes da vida sintam a presença de uma espada sobre suas cabeças. O que fizeram para merecer tal sorte? A conta virá, certamente.

Como se ser feliz fosse um pecado, eles calculam o que imaginam estar devendo pra sociedade. Quanto pagarei por ter um relacionamento saudável e bacana, onde não há stress? Quanto vão deduzir do que ganhei em amigos, tantos e tão leais? Quando é que vou começar a ser castigado por ter me dado bem na profissão? E esta menina linda que inventou de se apaixonar por mim e encher minha bola dia e noite, quanto ela me custará?

É tanta gente se dando mal que, para aqueles a quem a felicidade sorriu, resta uma culpa tremenda. Ter nascido virado pra lua é considerado quase um defeito de caráter: como alguém ousa não ter problemas neste mundo cão em que vivemos?

Na verdade, problemas todos têm. Todos vezes todos. Se não é no trabalho é na escola, se não é na escola é com a família, se não é na família é no amor, se não é no amor é problema de saúde, se não é saúde, é grana, se não é grana, é a cabeça que anda mal. Alguma coisa sempre perturba, alguma coisa não está 100%.

Não há quem não carregue sua cruz. Mas tem gente que sabe dar a dimensão exata destes problemas que, se formos avaliar, são totalmente normais. Estar gorda, se desentender com o marido, ter uma mãe fiscalizadora, um patrão xarope, um salário meia boca, uma amiga que decepcionou, o que é tudo isso senão parte da vida?

A diferença entre uns e outros é que uns fazem disso uma calamidade e outros levam tudo mais serenamente, economizam-se. Irão se queixar e se atormentar só quando pintar algo realmente sério, que eles aguardam com total certeza da chegada. Porque este "algo realmente sério" será a conta pelos dias amenos, pelos dias ensolarados, pelo astral mantido lá em cima, por sentir-se realizado com pequenas alegrias, por estar satisfeito consigo mesmo, por não fazer drama à toa. Alguma coisa está errada na sociedade quando a gente se sente devedor por estar vivendo bem.

Martha Medeiros

Leia Mais »»
0

Destralhe-se

Editar postagem

"Bom dia, como tá a alegria?", diz dona Francisca, minha faxineira rezadeira, que acaba de chegar. "Antes de dar uma benzida na casa, deixa eu te dar um abraço que preste!", e ela me apertou.
Na matemática de dona Francisca, quatro abraços por dia dão para sobreviver, oito ajudam a nos manter vivos, 12 fazem a vida prosperar. Falando nisso, vida nenhuma prospera se estiver pesada e intoxicada. Já ouviu falar em toxinas da casa?

Pois são objetos e roupas que você não gosta ou não usa, coisas feias ou quebradas, velhas cartas, plantas mortas ou doentes, recibos, jornais e revistas antigos, remédios vencidos, meias e sapatos estragados... Ufa, que peso! O que está fora está dentro e isso afeta a saúde, aprendi com dona Francisca. "Saúde é o que interessa. O resto não tem pressa!", ela diz, enquanto me ajuda a "destralhar", ou liberar as tralhas da casa.

O "destralhamento" é uma das formas mais rápidas de transformar a vida e pode muito bem ajudar outras terapias. A saúde melhora, a criatividade cresce e os relacionamentos se aprimoram, também ensina o feng shui, com a delicadeza própria das artes orientais. Para o feng shui, é comum se sentir cansado, deprimido ou desanimado em um ambiente cheio de entulho, pois existem fios invisíveis nos ligando àquilo que possuímos. Outros possíveis efeitos do acúmulo e da bagunça: sentir-se desorganizado, fracassado e limitado, aumento de peso, apego ao passado...

No porão e no sótão, as tralhas viram sobrecarga. Na entrada, restringem o fluxo da vida. Empilhadas no chão, nos puxam "para baixo". Acima, são "dores de cabeça". Sob a cama, poluem o sono. Então... Se dona Francisca falou e o feng shui concordou, nada de moleza! "Oito horas para trabalhar, oito para descansar, oito para se cuidar!", diz a comadre. "E nada de limpar só por onde o padre passa..."

"DESTRALHE-SE"

Perguntinhas úteis na hora de liberar os armários: por que estou guardando isso? Será que tem a ver comigo hoje? O que vou sentir ao liberar? E vá fazendo pilhas separadas de doar, vender e jogar fora.
Depois de destralhar, jogue sal grosso nos ralos. Ponha um prato com carvão no quarto (tira os cheiros e os fluidos ruins). Deixe um ramo de boldo em um copo com água para purificar. Passou de bom!

Para destralhar mais, livre-se de barulhos e luzes fortes, cores berrantes, odores químicos, revestimentos sintéticos, libere mágoas, pare de fumar, diminua o uso da carne, termine projetos inacabados. "Se deixas sair o que está em ti, o que deixas sair te salvará. Se não deixas sair o que está em ti, o que não deixas sair te destruirá", arremata o mestre Jesus, no evangelho de Tomé.

Acumular nos dá a sensação de permanência, apesar de a vida ser impermanente, diz a sabedoria oriental. O Ocidente resiste a essa idéia e, assim, perde contato com o sagrado instante presente. Dona Francisca me conta que as frutas nascem azedas e, no pé, vão ficando docinhas com o tempo. "A gente deveria de ser assim", ela diz. "Destralhar ajuda a adocicar." "Merecemos ter para ser", diz um mestre de feng shui. Se os sábios concordam, não sou eu que vou discordar...


Carlos Solano, arquiteto e escritor, é autor de livros de arquitetura e de Feng Shui. Este texto foi publicado na coluna Casa Natural, na revista Bons Fluidos, edição 109 - abril/2008.

Leia Mais »»
3

Gestão de Resultados

Editar postagem

Em uma cidade do interior, viviam duas mulheres que tinham o mesmo nome, Flávia. Uma era freira e a outra taxista.
Quis o destino que ambas morressem no mesmo dia. Quando chegaram ao céu, São Pedro as esperava.
- Nome?
- Flávia
- A freira?
- Não, a taxista.
Pedro consulta as notas e diz:
- Bem, ganhaste o paraíso. Leva esta túnica com fios de ouro. Pode entrar.
A seguir:
- Nome?
- Flávia
- A freira?
- Sim, eu mesma.
- Ganhaste o paraíso. Leva esta túnica de linho. Pode entrar.
- A religiosa então diz, indignada:
- Desculpe, mas deve haver engano.
- Eu sou Flávia, a freira!
- Sim, minha filha, e ganhaste o paraíso. Leva esta túnica de linho...
- Não pode ser! Eu conheço a outra, Senhor. Era taxista, um desastre! Subia as calçadas, batia com o carro, conduzia
pessimamente e assustava as pessoas. Nunca mudou, apesar das multas e repreensões policiais.
E quanto a mim, passei 65 anos pregando todos os domingos na
paróquia. Como é que ela recebe a túnica com fios de ouro e eu esta ‘simplesinha’?
- Não há nenhum engano - diz São Pedro.
- É que, aqui no céu, adotamos uma gestão mais profissional do que a de vocês lá na Terra..
- Não entendo!
- Eu explico: já ouviu falar de Gestão de Resultados? Agora nos orientamos por objetivos, e observamos que nos últimos anos, cada vez que tu pregavas as pessoas dormiam. E cada vez que ela conduzia o táxi, as pessoas rezavam!!
Resultado é o que importa!

Leia Mais »»
1

Malabaristas

Editar postagem

Um show de exibição em basquete, com acrobacias fantásticas!
Veja aqui mais vídeos desses artistas malucos!


Leia Mais »»
2

Textos Falsos - Parte 5

Editar postagem

Na atual situação em que nós consumidores estamos, reféns de algumas pseudo-empresas prestadoras de péssimos serviços tais como telefonia, tv a cabo e por aí afora, um texto bem apropriado, de autoria ainda desconhecida, mas creditado indevidamente a Mario Prata.
Nas minhas pesquisas em busca do autor, encontrei neste blog abandonado da cantora Claudia Telles, abaixo do texto publicado com o título "O grande macete" em 16/01/2004, o nome de Marcos André Borges.

Fuçando mais um pouco achei aqui algumas informações a respeito de Marcos André Borges, jornalista e diretor da VSM Comunicação, agência pioneira na área de Comunicação Corporativa no Ceará.
Mandei a ele um e-mail perguntando se é autor do texto "Então cancela!", e estou à espera de uma resposta que, se vier, colocarei aqui no blog para matar nossa curiosidade.
Abaixo do texto em questão, coloco um trecho de uma crônica do próprio Mario Prata, desmentindo a autoria e protestando sobre a falta de "policiamento" na Internet.

ENTÃO CANCELA!

CASO 1:

Eu liguei pro Real-Visa e pedi pra diminuírem a anuidade, que ia pra 4 x 24 reais.
A atendente disse que era impossível.
Eu disse:
- Então, cancela!
Ela respondeu:
- Mas senhor, o cartão é um cartão bom demais, etc.
Eu disse:
- Não vejo motivo pra pagar 100 merréis por ano pra pagar minhas contas com um pedaço de plástico.
Ela disse:
- Mas senhor, nosso produto é diferenciado. Não podemos abaixar o valor.
Eu disse:
- Então, cancela!
Aí ela disse:
- Espere um minuto, por favor.
Voltou com a boa nova:
- Senhor, podemos deixar pelo valor que está, 4 x 16 reais.
Eu disse:
- Então, cancela!
Ela respondeu:
- Espere um minuto, por favor.
Mais uma vez:
- Senhor, podemos deixar por 3 x 16 reais.
Eu disse:
- Não quero. Cancela!
Ela novamente disse:
- Espere um minuto, por favor… Senhor, podemos deixar então por 2 x 16.
Aí, eu concordei. Mas tive a impressão que poderia sair dessa negociação com o Real-Visa me pagando pra usar aquela droga.

CASO 2:

A TVA reajustou os preços. Eu disse que não ia pagar aumento nenhum.
A atendente respondeu:
- Senhor, infelizmente não podemos fazer nada.
O que que eu fiz? Liguei pra Net e assinei com eles.
Liguei pra TVA e disse:
- Cancela!
A atendente robótica disse:
- Senhor, espere um minuto… O senhor não precisa cancelar. Manteremos o preço como está.
Respondi:
- Agora eu não quero, só estão me isentando do aumento porque eu estou cancelando!
Eles ficaram desesperados, porque eu estava cancelando 2 pontos de pacote total e mais a internet de alta velocidade.
Abaixo seguem as propostas que eles continuaram fazendo e as minhas respostas:
- Isenção de uma mensalidade…
- Cancela!
- Isenção de duas mensalidades…
- Cancela!
- Manutenção de apenas 1 ponto mais desconto permanente de mensalidade…
- Cancela!
- Manutenção de 1 ponto com pacote reduzido mais desconto permanente…
- Cancela!
- Proposta acima com inclusão de HBO e mais algumas mensalidades reduzidas com internet de alta velocidade.
- Cancela! Cancela! Cancela!
Cancelei, e agora pago mais barato!

CASO 3:

Quarta eu fui jantar num restaurante, e esqueci meu celular lá.
No dia seguinte, eu liguei pra Vivo e pedi que desligassem o número por segurança, até eu recuperar o aparelho.
A atendente disse, naquela língua do gerúndio odiosa:
- Senhor, estaremos cobrando uma taxa de 24 reais.
Eu me indignei:
- Como é? Eu pago 60 reais pra USAR o mês inteiro, e vou pagar 24 reais pra NÃO USAR o celular por três dias?
Ela respondeu que não tinha jeito.
O que que eu disse?
- Então, cancela!
Aí ela disse:
- Senhor, um minuto que eu vou estar lhe passando pra outro setor.
Atendeu uma outra mulher que disse que eu “poderia estar fazendo o cancelamento sem estar sendo cobrado pelo serviço.”
Eu respondi que se ela estivesse fazendo isso eu ia estar agradecendo.
De qualquer maneira, comprei um celular da Tim (125 minutos por 55 reais) e vou dar um chute nessa Vivo semana que vem.
Vai ser divertido ver eles implorarem!

MORAL DA HISTÓRIA:
Entenderam??? Não se esqueçam das palavras mágicas: “ENTÃO CANCELA!”

(Autoria Desconhecida)

Leia abaixo um trecho da crônica que escreveu Mario Prata em 25/02/2004, quando então era colunista do jornal O ESTADO DE PAULO

Pronto, abri a caixa de e-mail e achei o assunto. Acho que foi o e-mail de número 50 me perguntando uma mesma coisa. Aliás, faz tempo que estou pensando em falar nisso.

Eu queria falar sobre a polícia brasileira. Não sobre a polícia que trabalhou bravamente durante as enchentes e o carnaval, mas sobre uma polícia que não existe. A polícia da internet. Não existe uma delegaciazinha especializada, né? E os crimes estão rolando. E pra cima de mim. Pra quem eu reclamaria, se não tivesse este espaço aqui, senhora prefeita, senhor governador e senhor Lula?

É o seguinte: alguém soltou um texto pela internet chamado “Então cancela!”, e assinou o meu nome. E ainda assinou errado, com acento no a do Mario. O problema é que esta pessoa está cometendo um crime, algumas injúrias, usando o meu nome. Entre outras coisas, cai de pau em cima do Banco Real (onde num tive conta) e no cartão Visa (que tenho dois). Digamos que isto possa me prejudicar. Não poupa a Net nem os provedores.

Pelo pouco que eu entendo de computador e internet, sei que pode-se rastrear os e-mails e chegar ao primeiro, no que colocou o meu nomezinho lá. Mas a quem eu devo recorrer, se a delegacia ali da esquina tem uma Remington (para quem não viveu, é uma máquina de escrever, daquelas que você digita e imprime sem impressora, moderníssima)? E se o Visa cortar o meu barato (que é meio caro) como é que eu vou provar que não escrevi aquilo, prefeita, governador e presidente?

Pensem nisto enquanto curam a ressaca. País do carnaval é isso aí. Um texto a mais um texto a menos que diferença faz?

Tem alguém aí que pode me ajudar a achar este novo tipo de bandido, usando o meu nome para falar mal dos meus confetes e das minhas serpentinas?

Leia Mais »»
4

Banquete para os Olhos

Editar postagem

Carl Warner é um fotógrafo britânico extremamente criativo, que resolveu fotografar paisagens de alimentos.
O nome oficial desta fantástica série fotográfica é Foodscapes, e foi utilizada por Warner num livro para promover a alimentação saudável entre as crianças e também para uma campanha publicitária.
Warner primeiro esboçou o conceito e depois, juntamente com sua equipe de estúdio , "estilistas de comida" e fabricantes criaram as composições do cenário. Cada uma delas foi montada, iluminada e fotografada em camadas. Demoraram cerca de 2 a 3 dias para construir e fotografar o "set" e as imagens resultantes foram então compiladas através de tecnologia em 1 a 2 dias.

As casas que se avistam ao fundo são feitas de queijo, o carrinho de fatias de lasanha, os campos de macarrão e as nuvens de mozzarella. As árvores são elaboradas de pimentão, salsa e manjericão


As rochas são feitas de pão, mas no fundo do mar são de couve-flor. A caverna é feita com frutos do mar


Nesta floresta as árvores são brócolis penduradas com ervilhas e os trilhos são feitos de cominho. As montanhas são de pão e as nuvens de couve-flor


O céu é feito de folhas de couve-roxa, as pedras são batata-doce, o desfiladeiro de pão e as árvores são folhas de couve


Casas de queijo, toldos e cestos de macarrão, de resto a rua é composta de grãos e legumes


O mar vermelho que visualizamos é formado por fatias de salmão e no seu meio navega um barquinho feito de ervilhas. As rochas são feitas de batatas e pão


As montanhas são feitas de pão


Os balões são de frutas e legumes e as árvores de brócolis


Carl trabalhando em seu estúdio...


... e o resultado... Estrada de Salame


Essas fotos foram tiradas numa sequência e utilizadas na campanha publicitária da Negroni, uma das melhores produtoras italianas de frios

Veja aqui mais algumas imagens capturadas por esse fantástico fotógrafo!
Fiquei até com água na boca!!!

Leia Mais »»
4

O Amor que a Vida Traz

Editar postagem

Você gostaria de ter um amor que fosse estável, divertido e fácil. O objeto desse amor nem precisaria ser muito bonito, nem rico. Uma pessoa bacana, que te adorasse e fosse parceira já estaria mais do que bom. Você quer um amor assim. É pedir muito? Ora, você está sendo até modesto.

O problema é que todos imaginam um amor a seu modo, um amor cheio de pré-requisitos. Ao analisar o currículo do candidato, alguns itens de fábrica não podem faltar. O seu amor tem que gostar um pouco de cinema, nem que seja pra assistir em casa, no DVD. E seria bom que gostasse dos seus amigos. E precisa ter um objetivo na vida. Bom humor, sim, bom humor não pode faltar. Não é querer demais, é? Ninguém está pedindo um piloto de Fórmula 1 ou uma capa da Playboy. Basta um amor desses fabricados em série, não pode ser tão impossível.

Aí a vida bate à sua porta e entrega um amor que não tem nada a ver com o que você queria. Será que se enganou de endereço? Não. Está tudo certinho, confira o protocolo. Esse é o amor que lhe cabe. É seu. Se não gostar, pode colocar no lixo, pode passar adiante, faça o que quiser. A entrega está feita, assine aqui, adeus.

E agora está você aí, com esse amor que não estava nos planos. Um amor que não é a sua cara, que não lembra em nada um amor idealizado. E, por isso mesmo, um amor que deixa você em pânico e em êxtase. Tudo diferente do que você um dia supôs, um amor que te perturba e te exige, que não aceita as regras que você estipulou. Um amor que a cada manhã faz você pensar que de hoje não passa, mas a noite chega e esse amor perdura, um amor movido por discussões que você não esperava enfrentar e por beijos para os quais nem imaginava ter tanto fôlego. Um amor errado como aqueles que dizem que devemos aproveitar enquanto não encontramos o certo, e o certo era aquele outro que você havia solicitado, mas a vida, que é péssima em atender pedidos, lhe trouxe esse e conforme-se, saboreie esse presente, esse suspense, esse nonsense, esse amor que você desconfia que não lhe pertence. Aquele amor em formato de coração, amor com licor, amor de caixinha, não apareceu. Olhe pra você vivendo esse amor a granel, esse amor escarcéu, não era bem isso que você desejava, mas é o amor que lhe foi destinado, o amor que começou por telefone, o amor que começou pela internet, que esbarrou em você no elevador, o amor que era pra não vingar e virou compromisso, olha você tendo que explicar o que não se explica, você nunca havia se dado conta de que amor não se pede, não se especifica, não se experimenta em loja – ah, este me serviu direitinho!

Aquele amor corretinho por você tão sonhado vai parar na porta de alguém que despreza amores corretos, repare em como a vida é astuciosa. Assim são as entregas de amor, todas como se viessem num caminhão da sorte, uma promoção de domingo, um prêmio buzinando lá fora, mesmo você nunca tendo apostado. Aquele amor que você encomendou não veio, parabéns! Agradeça e aproveite o que lhe foi entregue por sorteio.

Martha Medeiros

Leia Mais »»
1

Mandamentos da Mulher

Editar postagem

Recebi um e-mail de uma amiga contendo os mandamentos abaixo, que ela considerou fundamentais para complementar o meu post Vingança.
Simplesmente adorei!
Obrigada Simone e mil beijos pra você!

Mandamentos da Mulher

1 - Mulher não mente, e sim omite os fatos.

2 - Mulher não fofoca, mas sim troca informações.

3 - Mulher não trai, se vinga.

4 - Mulher não fica bêbada, entra em estado de alegria.

5 - Mulher nunca xinga, apenas é sincera.

6 - Mulher não grita, testa as cordas vocais.

7 - Mulher nunca chora, lava as pupilas dos olhos com frequência.

8 - Mulher nunca olha para um homem sarado, apenas verifica suas formas anatômicas.

9 - Mulher não sente preguiça, descansa a beleza.

10 - Mulher nunca sofre por amor, e sim entra em contradições com os sentimentos.

11 - Mulher sempre entende o que homem diz, só pede que explique novamente para testar sua capacidade de raciocínio.

12 - MULHER NUNCA ENGANA OS HOMENS, PRATICA O QUE APRENDEU COM ELES!

Leia Mais »»
6

Morangos

Editar postagem

Não vou deixar de comer os meus morangos quando eles surgirem (e sei até onde tem uma fruteira cheinha...). Não vou deixar de sentir o sabor só porque todo o resto não está como eu sempre sonhei.

Então? Vamos comer os morangos que a vida nos oferece?!

Talvez, ao me ouvir falar em felicidade, você se pergunte se eu não tenho problemas, se tudo dá sempre certo para mim, se nunca passei por uma grande dificuldade que me tenha deixado marcas, como ocorre com a maioria das pessoas.

É claro que sim, sou como todo mundo. Tenho angústias, fico estressado, as pessoas às vezes me traem, mas eu procuro comer os morangos da vida.

Um sujeito estava caindo em um barranco e se agarrou às raízes de uma árvore. Em cima do barranco havia um urso imenso querendo devorá-lo. O urso rosnava, mostrava os dentes, babava de ansiedade pelo prato que tinha à sua frente. Embaixo, prontas para engoli-lo, quando caísse, estavam nada mais nada menos do que seis onças tremendamente famintas. Ele erguia a cabeça, olhava para cima e via o urso rosnando.

Quando o urso dava uma folga, ouvia o urro das onças, próximas do seu pé. As onças embaixo querendo comê-lo e o urso em cima querendo devorá-lo.

Em determinado momento, ele olhou para o lado esquerdo e viu um morango vermelho, lindo, com aquelas escamas douradas refletindo o sol. Num esforço supremo, apoiou seu corpo, sustentado apenas pela mão direita, e, com a esquerda, pegou o morango. Quando pôde olhá-lo melhor, ficou inebriado com sua beleza. Então, levou o morango à boca e se deliciou com o sabor doce e suculento. Foi um prazer supremo comer aquele morango tão gostoso. Deu para entender?

Talvez você me pergunte: "Mas, e o urso?"
Dane-se o urso e coma o morango! E as onças?
Azar das onças, coma o morango!

Se ele não desistir, a onça ou o urso desistirão....
Às vezes, você está em sua casa no final de semana, com seus filhos e amigos, comendo um churrasco. Percebendo seu mau humor, sua esposa lhe diz: "Meu bem, relaxe e aproveite o Domingo!". E você, chateado, responde: "Como posso curtir o Domingo se amanhã vai ter um monte de ursos querendo me pegar na empresa?"

Relaxe e viva um dia por vez: coma o morango.
Problemas acontecem na vida de todos nós, até o último suspiro. Sempre existirão ursos querendo comer nossas cabeças e onças a arrancar nossos pés. Isso faz parte da vida e é importante que saibamos viver dentro desse cenário. Mas nós precisamos saber comer os morangos, sempre. A gente não pode deixar de comê-los só porque existem ursos e onças.

Você pode argumentar: "Eu tenho muitos problemas para resolver."
Problemas não impedem ninguém de ser feliz.
O fato de ter que conviver com chatos não é motivo para você deixar de gostar de seu trabalho.
Coma o morango, não deixe que ele escape.
Poderá não haver outra oportunidade de experimentar algo tão saboroso.
Saboreie os bons momentos.
Sempre existirão ursos, onças e morangos. Eles fazem parte da vida. Mas o importante é saber aproveitar o morango. Coma o morango quando ele aparecer.

Não deixe para depois. O melhor momento para ser feliz é agora.

O futuro é uma ilusão que sempre será diferente do que imaginamos.
As pessoas vêem o sucesso como uma miragem. Como aquela história da cenoura pendurada na frente do burro que nunca a alcança. As pessoas visualizam metas e, quando as realizam, descobrem que elas não trouxeram felicidade. Então, continuam avançando e inventam outras metas que também não as tornam felizes. Vivem esperando o dia em que alcançarão algo que as deixará felizes. Elas esquecem que a felicidade é construída todos os dias.

Lembre-se: a felicidade não é algo que você vai conquistar fora de você... Então, coma os morangos e seja feliz...

Roberto Shinyashiki ("O Sucesso é Ser Feliz" - Editora Gente)

Leia Mais »»
0

Feliz Dia das Mães

Editar postagem

Minha homenagem a todas as elas, com um texto bem descontraído pra fugir da mesmice!

Relançando Mamãe

Em primeiro lugar, Mamãe gostaria de agradecer a presença de todos nesta 1ª Convenção Familiar. Mamãe sabe como foi difícil abrir um espaço nas agendas de cada um de vocês. Papai tinha uma lavagem de carro praticamente inadiável, Júnior já tinha marcado de se trancar no quarto, Carol estava para receber pelo menos três telefonemas importantíssimos de uma hora e meia cada um. Mamãe está comovida. Muito obrigada.

Bem. Conforme Mamãe já tinha mais ou menos antecipado, esta convenção é para comunicar ao público interno - Papai, Júnior e Carol - todas as modificações nos produtos e serviços da linha Mamãe. Como vocês sabem, a última vez que Mamãe passou por reformulações foi há 14 anos, com o nascimento do Júnior. De lá para cá, os hábitos e costumes, o panorama cultural, a economia e o mercado passaram por transformações radicais. Mamãe precisa acompanhar a evolução dos tempos, sob pena de ver sua marca desvalorizada.

Para começar, Mamãe vai mudar a embalagem. Mamãe sabe que essa é uma decisão polêmica, mas, acreditem, é o que deve ser feito. Mamãe sai desta convenção direto para um spa, e de lá para uma clínica de cirurgia plástica. Nada assim tão radical. Vai haver pouquíssimas alterações de rótulo, vocês vão ver. Mamãe vai continuar com praticamente o mesmo formato, só que com linhas mais retas em alguns lugares e linhas mais curvas em outros. Calma, Papai. Mamãe já captou recursos no mercado. Mamãe vai ser patrocinada por uma nova marca de comida congelada. Lei Rouanet, porque Mamãe também é cultura.

Junto com o lançamento da nova embalagem de Mamãe, no entanto, acontecerá o movimento mais arriscado deste plano de reposicionamento. Sinto informar, mas Mamãe vai tirar do mercado o produto Supermãe. Não, não, não adianta reclamar. Supermãe já deu o que tinha de dar. Trata-se de um produto anacrônico e superado, antieconômico e difícil de fabricar. Mamãe sabe que o fim da Supermãe vai aumentar a demanda pela linha Vovó, que disputa o mesmo segmento. Paciência. Você não pode atender todos os públicos o tempo todo.

No lugar da Supermãe, Mamãe vai lançar (queriam que eu dissesse 'vai estar lançando', mas eu me recuso) novas linhas de produtos mais adequados à realidade de mercado. Vocês vão poder consumir Mamãe nas versões Active (executiva e profissional), Light (com baixos teores de pegação de pé), Classic (rígida e orientadora), Italian (superprotetora) e Do-It-Yourself (virem-se, fui passear no shopping). Mas uma de cada vez, sem misturar. Ah, sim: Mamãe detesta esses nomes em inglês, mas me disseram que se não for assim não vende.

Mamãe gostaria de aproveitar a oportunidade para lançar seus novos canais de comunicação. De hoje em diante, em vez de sair gritando pela casa, vocês vão poder ligar para o SAC-Mamãe, um 0300 que dá direto no meu celular (apenas 27 centavos por minuto, mais impostos). Mamãe também aceita sugestões e críticas no endereço mamae@mamae.net. Mais uma vez Mamãe agradece a presença e a atenção de todos. Aguardem: vem aí a Nova Mamãe!

Ricardo Freire (publicado em 29 de setembro de 2003 na Revista Época)

Leia Mais »»
7

Impressora Impressionante!

Editar postagem

Acredito que muita gente já deve ter visto esse vídeo mas pra quem ainda não viu, é um show incrível de tecnologia!
A "cachoeira" foi criada por Stephen Pevnick, um professor de Arte da Universidade de Wisconsin em Milwaukee. Ele construiu o gráfico, então chamado de "chuva", em 1979, utilizando apenas uma placa de circuito e algumas válvulas.

Atualmente, utilizando tecnologia de ponta, suas cachoeiras e fontes têm sido demonstradas em quatro continentes, em cidades como Paris, Londres, Genebra, Frankfurt, Pequim, Bangkok, Chicago, Dallas, Detroit e muitas outras.
Essa que está no vídeo pode ser vista no Canal City Hakata, um imenso shopping em Fukuoka, Japão. A tecnologia por trás dessa "mágica" é similar à utilizada em impressoras jato de tinta, só que aqui a fonte vai "imprimindo" figuras e palavras na água...

Um espetáculo que merece ser visto!


Leia Mais »»
6

Textos Falsos - Parte 4

Editar postagem

O texto de hoje tornou-se famoso por ter sua autoria atribuída equivocadamente a Charles Chaplin e passou a ser divulgado (depois de algumas modificações e adaptações), com vários títulos diferentes: "Já perdoei erros quase imperdoáveis", "Já...", "Vida", etc.

Dando um passeio pelo extenso território do São Google, descobri informações interessantíssimas!
Mas primeiro, vamos ao poema!

VIDA

Já perdoei erros quase imperdoáveis,
tentei substituir pessoas insubstituíveis
e esquecer pessoas inesquecíveis.

Já fiz coisas por impulso,
já me decepcionei com pessoas
que eu nunca pensei que iriam me decepcionar,
mas também já decepcionei alguém.

Já abracei pra proteger,
já dei risada quando não podia,
fiz amigos eternos,
e amigos que eu nunca mais vi.

Amei e fui amado,
mas também já fui rejeitado,
fui amado e não amei.

Já gritei e pulei de tanta felicidade,
já vivi de amor e fiz juras eternas,
e quebrei a cara muitas vezes!

Já chorei ouvindo música e vendo fotos,
já liguei só para escutar uma voz,
me apaixonei por um sorriso,
já pensei que fosse morrer de tanta saudade
e tive medo de perder alguém especial (e acabei perdendo).

Mas vivi!
E ainda vivo!
Não passo pela vida.
E você também não deveria passar!

Viva!!

Bom mesmo é ir à luta com determinação,
abraçar a vida com paixão,
perder com classe
e vencer com ousadia,
porque o mundo pertence a quem se atreve
e a vida é "muito" para ser insignificante.


Um desabafo escrito com o coração, por um até então desconhecido poeta, escritor e compositor brasileiro chamado AUGUSTO BRANCO, nascido em Porto Velho/RO, que se autodefine como “Apenas um cara no caminho...” em seus blogs Augusto Branco e A grandeza que há em cada um. Sobre a autoria do poema Vida, ele mesmo descreve em seu blog como ocorreu essa sucessão de equívocos com o texto.

Aqui também podemos encontrar valiosas informações comprovadas pela Miriam, que “fez um trabalho de investigação digno de Agatha Christie!”, nas palavras do próprio Augusto.
Vale a pena dar uma passadinha e conferir o que ela escreveu lá.
Tem muito a esclarecer e acrescentar!

Leia Mais »»
0

Prêmio Dardos

Editar postagem

Um tanto quanto atrasada, quero agradecer o selo que recebi da minha querida "teacher" do Blogger'SPhera. Fiquei lisonjeada e muito feliz!

Sobre o selo:

Com o Prêmio Dardos se reconhecem os valores que cada blogueiro emprega ao transmitir valores culturais, éticos, literários, pessoais, etc. que, em suma, demonstram sua criatividade através do pensamento vivo que está e permanece intacto entre suas letras, entre suas palavras. Esses selos foram criados com a intenção de promover a confraternização entre os blogueiros, uma forma de demonstrar carinho e reconhecimento por um trabalho que agregue valor à Web.

As regras são as seguintes:

1) Exibir a imagem do selo;
2) Linkar o blog pelo qual você recebeu a indicação;
3) Escolher 12 outros blogs a quem entregar o Prêmio Dardos;
4) Informar os indicados.

Vou ser diferente e contrariar os ítens 3 e 4 pois esse selo já passou e repassou na blogosfera inteira! Fiquei perdida porque todo mundo que conheço já recebeu esse selo e não vou ser indelicada de repassar novamente, embora considere um grande elogio...
Agradecendo mais uma vez o carinho e a lembrança da Rô, convido vocês a visitarem o Olhar Feminino, um blog de variedades e notícias, onde ela é uma das editoras. Vale a pena conhecer!

Leia Mais »»
4

Confuso

Editar postagem

O consumidor acordou confuso. Saíam torradas do seu rádio-despertador. De onde saía então - quis descobrir - uma voz do locutor? Saía do fogão elétrico, na cozinha, onde a empregada, apavorada, recuara até a parede e, sem querer, ligara o interruptor da luz, fazendo funcionar o gravador na sala. O consumidor confuso sacudiu a cabeça, desligou o fogão e o interruptor, saiu da cozinha, entrou o banheiro e ligou seu barbeador elétrico. Nada aconteceu. Investigou e descobriu que a sua mulher, na cama, é que estava ligada e zunia como um barbeador. Abriu uma torneira do banheiro para lavar o sono do rosto. Talvez aquilo tudo fosse só o resto de um pesadelo. Pela torneira jorrou um café instantâneo.

Confuso, o consumidor escovou os dentes com o novo desodorante e sentou na tampa da privada - fazendo soar a campainha da porta - para pensar. Acendeu um batom Roxo Purple (nova sensação), da mulher. O que estaria acontecendo? Resolveu telefonar para o amigo. Saiu do banheiro e foi para a sala.
Quando girou o disco do telefone a televisão a cores começou a funcionar. Pensou com rapidez. Foi até o televisor e, no selecionador de canais, discou o número do amigo. Saiu laranjada do telefone. Apagou o batom num cinzeiro e voltou para o quarto. A mulher acabava de acordar e, sonolenta caminhava na direção do banheiro. Viu a mulher fechar a porta do banheiro e dali a pouco ouviu a campainha da porta tocar de novo. Esperou.

Quando a mulher abriu a porta do banheiro e, confusa, lhe disse, "Querido..." ele antecipou:
- Já sei. Saiu café da torneira da pia.
- Não. Liguei o chuveiro e uma voz disse "Alô?"
Era o amigo.
- Deixe que eu falo com ele.
Foi até o chuveiro falar com o amigo. Contou tudo que estava acontecendo. O amigo disse que na sua casa era a mesma coisa, saía música do condicionador de ar e a televisão corria atrás das crianças dizendo bandalheira; era o fim do mundo.

Foi quando o consumidor, confuso, viu que o novo secador de cabelo descia sozinho da sua prateleira, atravessava o chão do banheiro como um pequeno mas decidido tanque e saía pela porta. Disse para o amigo que o chamaria de volta, desligou o chuveiro e saiu correndo. O secador encaminhava-se lentamente para a cozinha, onde a mulher e a empregada, assustadas, testavam todas as utilidades domésticas. A janela da máquina de lavar roupa trasmitia o padrão do canal 10, e o fogão, agora, dava o noticiário das oito. O consumidor chegou a tempo de evitar que o secador atacasse sua mulher por trás. Atirou o secador com força contra a parede. Ouviu-se um berro de dor e fúria partindo dos alto-falantes do estéreo, na sala, e ao mesmo tempo a geladeira começou a movimentar-se pesadamente na direção do consumidor, da mulher e da empregada.

- A chave! - gritou o consumidor.
Saíram todos correndo pela porta da cozinha. Chegaram até a chave geral. O consumidor abriu a portinhola, puxou a alavanca e ouviu nitidamente que se ligava o motor do Dodge Dart na garagem. O melhor era fugir!
Correram para a garagem, entraram no carro, o consumidor botou em primeira, apertou o acelerador e um Boeing caiu em cima da casa.

Luis Fernando Verissimo (Coleção: "Para Gostar de Ler - Volume 7" - Editora Ática - 1981)

Leia Mais »»
9

Eu me Amo!

Editar postagem

Conversando com uma querida amiga, ela me contava sobre o filho de um amigo que numa crise clara de ausência de auto-estima falava em mudar, sair do país, se afastar de tudo e de todos. Não consegui parar de pensar nisso.
Um menino ainda... Vinte e cinco anos e absolutamente melancólico por não ter uma namorada, por achar que nunca mais irá amar novamente, por crer que não terá mais felicidade. Acredita que saindo daqui abandonará todos os seus problemas (como se pudesse se libertar de si mesmo, porque viajar pode até fazer bem, mas se não cuidar do seu interior, quando voltar o problema estará lá, sentado na sua sala, tomando da sua cerveja e vendo a sua TV).

Fiquei aqui pensando como certos padrões estabelecidos (hipocritamente, diga-se de passagem), podem fazer com que uma pessoa torne-se frágil, fraca... Esse negócio de achar que a felicidade só é possível com a ausência de problemas, com a retribuição do amor que damos, está totalmente ligado à juventude, fase onde quem passou de determinada idade sem um grande amor está fadado à solidão e à tristeza. Cobram o fato de uma menina não ter um namorado sério aos 25 anos, cobram decisões de vida de um menino de 18 anos ao obrigá-lo a escolher o que fará pro resto de sua vida e o recriminam se resolve seguir seus sonhos aos 40. Cobram que sejam bonitos, magros, héteros, inteligentes, generosos, praticamente perfeitos dentro do exemplo de perfeição que criaram. Essas cobranças vêm da sociedade, família, amigos... Tenho verdadeiro horror a isso!

Eu acredito em algo muito, mas muito maior! Na minha fase de juventude não deixei de amar porque meu último amor me abandonou ou não me quis, ou simplesmente porque não deu certo. Eu sei que a gente não veio ao mundo pra ser sozinho, mas não creio que exista um prazo de validade pra isso: ou encontra o amor da sua vida até os 30 ou terá que se contentar com o que vier, se vier. Fora isso, quantas pessoas recomeçam suas vidas aos 30, 40, 50 e porque não dizer aos 60 anos?!
E tem mais... A vida é um baita presente! A gente pode recomeçar a cada manhã e isso é maravilhoso! Não deu certo? Refaça. Errou? Conserte. É assim. Nada é eterno, nada é imutável, exceto a certeza da morte e nesse meio tempo, Deus do céu, vivam! Sejam felizes!

Problemas são inevitáveis, mas sofrimento é opcional. Eu tenho problemas. Vários. Mas nenhum deles me fez desistir de mim mesma. Nem o câncer de mama que eu tive há três anos. Nada, nem ninguém vai me fazer perder a confiança no meu propósito de ser feliz. Auto-piedade só me jogará pra baixo. Eu sei quem sou. Eu sei do meu valor. E eu gosto muito de mim pra deixar que os problemas me levem ao fundo do poço...
Talvez seja esse o segredo: auto-estima e amor-próprio.
Dica do dia? Amem-se. Somos o nosso maior e mais importante patrimônio!
Beijos em vocês!!!

Leia Mais »»
Postagens mais Recentes Postagens Mais Antigas Início